ENFOQUE NUTRICIONAL PARA ESTIMULAR O mTOR E A SÍNTESE PROTÉICA

0
158

 

POR Michael Rudolph, Senior Science Editor

Sei o que você deve estar pensando… Esse aqui é outro artigo que fala sobre o consumo de proteínas e como ela é importante para estimular o crescimento muscular.

Bom, posso te assegurar que não é nada disso. Pelo contrário, o foco central desse artigo é ressaltar as importantes funções que os macronutrientes específicos realizam para estimular a sensitiva molécula mTOR.

Além disso, explicar como o mTOR regula a rotação da síntese protéica muscular em resposta ao vasto desdobramento do estímulo nutricional direcionando a síntese protéica nas células dos músculos e otimiza o crescimento e a força musculares nos momentos de superávit de energia.

MTOR ATIVADO AUMENTA A SÍNTESE PROTÉICA

A rotação de proteína nas células musculares é um complexo proceso que abrange tanto a síntese de proteína como o catabolismo protéico. O aumento na massa muscular requer uma maior quantidade de síntese protéica junto a um catabolismo protéico reduzido. Consumir os macronutrientes certos melhorará a síntese de proteínas e diminuirá a degradação das mesmas, promovendo mais massa e força musculares.

Certos macronutrientres alcançam uma maior síntese de proteína nos músculos ao ativar o mTOR. Após a ativação, o mTOR estimula a síntese e inibe o catabolismo protéico – aumentando dessa forma a massa muscular.

muscular development 200x300 ENFOQUE NUTRICIONAL PARA ESTIMULAR O mTOR E A SÍNTESE PROTÉICA

OS AMINOÁCIDOS ESSENCIAIS ESTIMULAM A ATIVIDADE DO mTOR E A SÍNTESE DE PROTEÍNA

NOS MÚSCULOS

Recentemente, muitos estudos científicos têm concluído que o mTOR é ativado por meio dos aminoácidos essenciais, especialmente a leucina. No primeiro estudo, del equipo Walker foi demonstrado que, em humanos que ingeriram aminoácidos essenciais após o treinamento, houve um aumento na atividade do mTOR – levando a uma maior síntese de proteína nos músculos durante aproximadamente duas horas, comparado com um grupo que fez exercício mas não consumiu os aminoácidos essenciais.

Esse estudo confirmou que consumir grandes quantidades de aminoácidos essenciais, ao redor de 10 gramas por dia, aumenta o armazenamento celular de aminoácidos. A concentração dos mesmos nas células dos músculos estimula a via de sinalização de insulina, ativando o mTOR.

Em uma segunda pesquisa, Wilson e outros3 apresentaram evidencias apoiando as idéias de Wilson e outros, de que níveis elevados de aminoácidos estimulam a síntese protéica nos músculos.

Equipo Wilson demonstraram isso mostrando que ratos alimentados com aminoácidos e carboidratos tinham uma maior síntese de proteína nos músculos comparado com ratos que só se alimentam de aminoácidos essenciais Dado que os carboidratos são a fonte de energia preferida pelas células dos músculos, o consumo dos mesmos diminui a utilização de aminoácidos como fonte de energía – consequentemente, gera-se uma maior quantidade de aminoácidos disponíveis, melhorando a síntese protéica nos músculos.

O uso preferencial de carboidratos pelas células dos músculos gera energia celular (ATP). A AMPK (proteína quinase ativada por APM) será desligada pela produção de ATP. Em vista do fato de que a AMPK ativa inibe o mTOR, desconectá-la estimulará sua atividade.

Finalmente, em uma pesquisada separada de Pasiakos e outros demostrou-se que o consumo humano de leucina imediatamente após o exercício melhora a síntese de proteína nos músculos em 33%.

 

OMEGA-3 MELHORA A VIA DE SINALIZAÇÃO DE INSULINA, GERANDO ATIVIDADE MTOR

Os ácidos graxos de Ômega-3 estimulam a síntese de proteína nos músculos ao ativar o mTOR. Os últimos estudos de Gingras e outros apresentaram os ácidos graxos de Ômega-3 de cadeia longa como um ativador específico de mTOR e da síntese proteíca dos músculos por meio da via de sinalização de insulina. Nesse estudo, Gingras e outros estabeleceram que os ácidos graxos de Ômega-3 de cadeia longa melhoram a via de sinalização de insulina – mTOR – síntese de proteína

ao diminuir a inflamação do corpo, o qual demonstrou causar insensibilidade à insulina.

Além, mostraram que o consumo de ácidos graxos de Ômega-3 de cadeia longa produz um aumento na incorporação de aminoácidos na síntese proteína nos músculos em 108%.

omega3 300x200 ENFOQUE NUTRICIONAL PARA ESTIMULAR O mTOR E A SÍNTESE PROTÉICA

Referências:

-Hawley JA, Gibala MJ, et al. J Sports Sci 2007; 25 Suppl 1, S115-124.

-Wlaker DK, Dikinson JM, et al. Med Sco Sports Exerc 2011; 43(12), 2249-2258.

-Wilson GJ, Layman DK, et al. Am J Physiol Endocrinol Metab 2011; 301(6), E1236-1242.

-Pasiakos SM, McClung HL, et al. Am J Clin Nutr 2011; 94(3), 809-818.

-Gingras AA, White PJ, et al. J Physiol 2007; 579 (Pt 1), 269-284.

-Olefsky JM, Glass CK, Annu Rev Physiol 2010; 72, 219-246.

-Rivas DA, Yaspelkis BB, et al. J Endocrinol 2009; 202(3), 441-451.