ENTREVISTA MD LATINO COM LUIZ HALLIER, DIRIGENTE DA IPF CARIOCA DÁ SUA OPINIÃO SOBRE O ESPORTE!

  • Por: MD Latino
  • March 20, 2012
  • 0 Comentarios
ENTREVISTA MD LATINO COM LUIZ HALLIER, DIRIGENTE DA IPF CARIOCA DÁ SUA OPINIÃO SOBRE O ESPORTE!

 

POR Kleber Caramello

 

AONDE VC MORA, IDADE, E UM BREVE RELATO DE QUANDO COMEÇOU NO POWERLIFTING?

Em primeiro lugar gostaria de agradecer a você o espaço, e dizer que te considero um dos maiores incentivadores do Powerlifting no Brasil. Mas, vamos lá.

Resido na Zona Sul do Rio de Janeiro, Capital. Tenho 44 anos e, iniciei como atleta um pouco tarde. De qualquer forma, sempre fui um admirador do esporte.

Tive contato  a primeira vez, vendo uma reportagem no final dos anos 80,onde a mesma explicava o que era essa modalidade. Me lembro ter visto até umas fotos do atual presidente da federação de São Paulo, o Sr. André Doria, competindo. Me apaixonei rapidamente,mas, ainda demorei alguns anos para começar.

QUEM FOI O SEU MAIOR INCENTIVADOR A COMEÇAR A COMPETIR, E QUEM LHE INCENTIVA AGORA? TEM ALGUMA ESPÉCIE DE PATROCINADOR? QUEM FORAM SEUS TREINADORES?

Alguns anos após ler a tal reportagem, conheci o Carlos Kastrup, antigo atleta do Rio de Janeiro, e hoje, um grande amigo e diretor regional de nossa federação. Grande incentivador de nosso sporte na região serrana do Rio de Janeiro. Prontamente, o mesmo no dia seguinte, estava na academia me ajudando nos primeiros passos. Tenho a ele grande respeito e admiração.

Nunca tive um treinador. Mas, sempre tive ótimos conselheiros, digamos assim, como meus amigos e professores, Vitor Barreto e Denilson Costa.

No meu ver, são assumidades quando se fala em Educação Física e esportes de força ! Quanto a patrocinadores, nunca tive. Hoje, graças a Deus, a federação já está sendo parcialmente patrocinada, pela empresa SportLine Suplementos do Sr Daniel Neto. Contamos também com varios apoiadores. Mas com certeza, ainda nos faltam muitos recursos e, continua saindo dinheiro do bolso dos diretores…

QUAIS SEUS MAIORES TÍTULOS? QUANTO JÁ LEVANTOU E EM QUAL CATEGORIA? QUAIS SÃO AS SUAS METAS NO SUPINO E NO TERRA? JÁ COMPETIU FORA DO BRASIL?

Tenho a noção que nem de longe sou atleta de ponta. Mas como dizem na gíria, “dou minhas cacetadas”. Pela IPF (International Powerlifting Federation) vale ressaltar que sou Campeão Estadual de Supino e Levantamento Terra, Vice-campeão paulista de supino, campeão Brasileiro de Supino e Levantamento Terra, ainda obtendo uma terceira colocação no Sul Americano de Supino em Villa Maria na Argentina em 2008.

Pela CONBRAFA, fui várias vezes campeão de supino e levantamento terra no estado.

Como meta, gostaria de algum dia participar de um Mundial da IPF de Supino ou Powerlifting.

Minhas melhores marcas são: 145 KG de supino e 210Kg de levantamento terra como atleta master.

No agachamento, melhor não comentar, rsrsrs.

VOCÊ TEM UMA ACADEMIA E DÁ AULAS DE PERSONAL TRAINER , MAS JÁ TRABALHOU EM OUTRAS COISAS E SEMPRE FOI PROPRIETÁRIO DE ACADEMIA?

Sempre trabalhei com musculação embora, tenha feito mais da metade da faculdade de Psicologia. Sou proprietário de academia somente há poucos anos. Antes disso, sofri durante mais de 15 anos como todos os outros professores da área, embora ser proprietário, não me faz sofrer menos, mas, de outra forma. De qualquer jeito, você pode ter certeza de que na minha academia os profissionais são tratados com muito respeito. Respeito esse, que muitas vezes não tiveram comigo!

Luiz Hallier no Campeonato Estadual de Supino 2011 199x300 ENTREVISTA MD LATINO COM LUIZ HALLIER, DIRIGENTE DA IPF CARIOCA DÁ SUA OPINIÃO SOBRE O ESPORTE!

HOJE VOCÊ É PRESIDENTE DA IPF CARIOCA (INTERNATIONAL POWERLIFTING Federation Rio de Janeiro /Brasil ), QUAIS OS REAIS MOTIVOS QUE LEVARAM VC A MONTAR ESTA FEDERAÇÃO? DOA A QUEM DOER, AS OUTRAS FEDERAÇÕES NO SEU PONTO DE VISTA DEIXAM A DESEJAR EM ORGANIZAÇÃO?

O que me levou a trazer a IPF para o Rio de Janeiro, foi minha profunda admiração por sua organização, estrutura e seriedade no Brasil e no Mundo. Considero a IPF a única federação responsável pelo verdadeiro Powerlifting!

Quanto a segunda parte da pergunta, embora tenha gostado muito, sei que é um assunto muito delicado.  Não é minha intenção ofender ninguém até porque, estaria ofendendo amigos e pessoas que admiro. Vamos lá: Antes, eu falava o seguinte, “tem espaço para todos”. Hoje, eu te afirmo, “não, não tem espaço para todos”!!! Percebo que muitos tem o intuito de difundir o esporte e até mesmo, estimular uma juventude mais sadia para os nossos adolescentes e porque não, pessoas de todas as idades.

Outros, percebo nitidamente a única e exclusiva vontade de ganar dinheiro. É chato você chegar em um campeonato e o organizador perguntar quanto você quer pesar… Em ambos os casos, não é bom para o esporte essa superdivisão. Percebo que as regras originais são cada vez mais alteradas e manipuladas para que os resultados sejam melhorados e ao mesmo tempo mais pessoas sejam “falsamente” atraídas. Aonde vamos parar? Hoje em nosso país, devemos ter quase meia dúzia de campeonatos mundiais por ano… o que é isso??? Aonde se viu campeonato mundial com somente atletas regionais e as vezes, sem o menor respeito aos participantes. Gostaria de saber se em esportes de sucesso, como futebol, volei, basquete e outros grandes, acontece  isso!?!?!? Lógico que não! São esportes respeitados mundialmente, levando milhares aos estádios graças a sua lógica e organização. Enquanto isso não acontecer conosco, infelizmente, ficará complicado chegarmos a algum resultado mais positivo, como as Olimpíadas.

QUE TÉCNICAS DE TREINAMENTO VOCÊ EMPREGA A SUA PREPARAÇÃO, E COMO É DIVIDIDO SEU TREINO COMPETITIVO?

Essa é uma pergunta, que infelizmente vocês não terão a resposta que querem ouvir. Embora seja um admirador dos atletas do Leste Europeu em geral e seus métodos de treinamento, não tenho tempo para elaborar algo detalhado para mim. Com certeza, me faz muita falta. Trabalho em média 12 horas por dia. Mas saiba que se pudesse, essa seria a “escola” que eu seguiria fielmente. Hoje, procuro dividir meus treinos de acordó com meus horários, e porque não, minhas dores (chego a ter orgulho delas).

QUEM É OU SÃO SEUS MAIORES ÍDOLOS (AS) NO ESPORTE E SUAS MAIORES REFERENCIAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS?

No Powerlifting, não chego a ter ídolos. Mas tenho admiração por varios atletas Brasileiros que apesar de todas as dificuldades conseguem se destacar internacionalmente. Temos grandes levantadores como Eumenes Mendinho, Eric Oishi, Ana Rosa Castellain, Erica Batista e mais algumas dezenas deles, não há como citar todos. Mas com certeza, se tivessem o apoio devido, seriam muito melhores do que já são!

Luiz Hallier e Vanessa Tenius respectivamente Presidente e Secretária da FFP arbitrando o Brasileiro de Powerlifting 2011 300x187 ENTREVISTA MD LATINO COM LUIZ HALLIER, DIRIGENTE DA IPF CARIOCA DÁ SUA OPINIÃO SOBRE O ESPORTE!

Luiz Hallier competindo no Brasileiro de Powerlifting 2011 300x200 ENTREVISTA MD LATINO COM LUIZ HALLIER, DIRIGENTE DA IPF CARIOCA DÁ SUA OPINIÃO SOBRE O ESPORTE!

Luiz Hallier no Brasileiro de Powerlifting 2011 300x200 ENTREVISTA MD LATINO COM LUIZ HALLIER, DIRIGENTE DA IPF CARIOCA DÁ SUA OPINIÃO SOBRE O ESPORTE!

LUIZ MARILIA EU DENILSON E ARMANDO1 300x225 ENTREVISTA MD LATINO COM LUIZ HALLIER, DIRIGENTE DA IPF CARIOCA DÁ SUA OPINIÃO SOBRE O ESPORTE!

Comentarios: