Entrevista Gabriela Goicochea

  • Por: MD Latino
  • October 7, 2015
  • 0 Comentarios
Entrevista Gabriela Goicochea

Por Kleber Caramello

Nome: Gabriela Goicochea

Idade: 28 anos

Altura: 1,55cm

Peso em off e em competição: 60kg (off), 54 (contest)

Mora aonde: Rio de Janeiro

1 – Quando começou a fazer musculação e o que motivou

R) Comecei a praticar com seriedade após minha gravidez quando cheguei a pesar 92kg. Fiquei com medo de nunca mais conseguir ser passista da minha Escola, a GRES Beija-flor de Nilópolis, e esse medo foi a motivação para conseguir eliminar esses quilos.

2 – Relação entre o samba e sua atual forma física

R) Primeiro, foi para voltar ao samba que comecei a praticar a musculação e fazer dieta. Além disso, é necessário ter certo preparo físico para sambar sem interrupção por 20 min ou mais, por exemplo. Estar com o corpo bonito para fazer shows e apresentações, representando bem a beleza das mulheres da Beija-flor. E pela minha forma física, recebi o título de Passista Fitness (Primeira Passista Fitness) e Musa Black Fitness.

12067802 895340887218029 794274736 n Entrevista Gabriela Goicochea
Gabriela Goicochea

3 – Acredita que o biotipo da mulher brasileira se enquadra nos novos padrões da categoria wellness que estão cada vez mais finos?

 Eu acho que o grande problema não é o biotipo físico, e sim o estereótipo que criaram para uma Wellness ser vencedora ou ter a preferência dos árbitros. Seios com silicone imitando o padrão californiano, loiras estilo S.O.S Malibu em primeiro, e em segundo plano, morenas. No Brasil, essas características não são tão comuns, ou maioria. Algumas Wellness que no começo da carreira eram morenas no cabelo, passaram a ser loiras, e algumas delas só ganharam depois disso. A mulher brasileira em geral tem seios pequenos, cintura fina, quadris largos e bumbum grande. Cabelo ondulado, e o tom de pele, moreno. Lógico que o pessoal do sul por terem uma colonização europeia bem próxima, a incidência de loiras é acima da média brasileira. Só que existem duas linhas de padrão corporal bem distintas, eu me enquadro em relação ao meu shape no padrão do campeonato brasileiro mas totalmente fora da ideologia do RJ, Estado aonde eu compito.

4 – Quem é seu treinador, quem são os seus maiores ídolos do esporte

 Ralph Mesquita, meu marido. Meus ídolos são: Iris Kyle, Gal Yates, Mia Figure, Dorian Yates, Jorlan Vieira, Angela Borges, Dolly Lazarre e Aline Barreto.

5 – Essas novas federações que têm categorias de fitness divas (WBFF) enchem seus olhos ou a ifbb ainda é mais atraente as suas ambições esportivas

 Gostei muito da proposta de campeonato da WBFF, também vi muitas negras competindo e tendo boas posições, e realmente fiquei contente de ver. Somando a isso, uma produção de show com várias roupas, fantasias, palco, e eu como uma Passista Show, estou bem acostumada com isso. Fiquei encantada com os vídeos dos campeonatos e com o glamour deles, mas ainda sou atleta IFBB.

6 – Quem são seus patrocinadores e parceiros comerciais?

 No momento estou começando um apoio da Black Skull, mas ainda não é patrocínio. Roupas de treino, meu patrocínio é a Corpus Fitness, calçados, a Prime Importados, assessora, Juliana Palmer e a GRES Beija-flor de Nilópolis que tem um projeto comigo no esporte.

12071508 895340870551364 547331013 n Entrevista Gabriela Goicochea
Gabriela Goicochea

7 – Agradecimentos:

Primeiramente ao meu marido/treinador/patrocinador Ralph Mesquita, sempre me incentivou, pegou no meu pé e acreditou em mim. À Beija-flor, que foi minha vitrine e comprou a ideia de me apoiar, tudo isso com o aval do senhor Laíla, que acreditou no meu potencial e foi uma mão que me levantou. À minha assessora Juliana Palmer, que também é da Beija-flor, um anjo que apareceu em minha vida, fez tudo mudar, muito competente… Lili Person, um outro anjo que apareceu em um momento muito delicado da minha carreira no esporte, moldou minhas poses, me corrigiu, foi uma mãezona. À Greyce Vale, que foi a primeira pessoa na Escola a acreditar em mim, dando início a tudo isso acontecer. E, para finalizar… ao meu presidente, senhor Farid Abraão David, que sem ele, sem sua autorização, nada disso seria possível.

 

Comentarios: